Prefeitura de Marcação comprou materiais de iluminação em 2018 mas reforma de ginásio continua abandonada

Dos materiais comprados em 2018, apenas os postes foram colocados.
O principal ginásio do município de Marcação, localizado às margens da PB-041, é um local de fácil visualização para quem passa pela cidade, sentido Baía da Traição. O Ginásio “O Augustão”, desde da sua fundação era o principal local para práticas esportivas no município, sendo utilizada por diversos desportistas.

Após ter sua estrutura comprometida, o ginásio foi interditado e em 2017 foi colocado "à baixo" para reconstrução.

Desde que a prefeita Lili (DEM) assumiu a prefeitura, o abandono com o esporte no município se tornou notório. O que não falta é cobrança por parte dos desportistas que constantemente usavam o espaço para a prática esportiva.



Em agosto de 2017 a prefeita revelou, em entrevista, que estava fazendo um planejamento para iniciar uma reforma, mas que não poderia iniciar uma reforma pelo fato do município de Marcação não ter condições financeiras para tal. Segundo ela, o município depende quase que exclusivamente do FPM para se manter, e ela não poderia comprometer sua folha de pagamento para reformar a quadra.

Com a estrutura já retirada, a reforma foi iniciada aparentemente no ano de 2018 com a compra por parte da prefeitura de materiais destinados à instalação elétrica da quadra. Somente com esses materiais, foram gastos naquele ano cerca de R$ 21.775,80. Até aí tudo bem, se não fosse por um pequeno (grande) detalhe:

Desses materiais elétricos comprados, apenas os postes de sustentação da iluminação foram colocados na obra. Nenhum fio, lâmpada ou derivados foram instalados na reforma que previa uma alteração no modelo da quadra, passando-a a ser uma quadra aberta, ao exemplo da quadra de Salema, em Rio Tinto, e da Praça da juventude em Mamanguape.

Confira abaixo os empenhos que  estão disponíveis no Sagres-PB:




Já são dois anos desde a compra e até o momento nenhum avanço na obra que continua parada e sem a iluminação comprada.

Outro fato importante de ser destacado é a origem de fornecimento do material elétrico. Segundo os empenhos mostrados no Sagres-PB, a prefeitura comprou os materiais na Comercial Moura. tal comércio é pertencente à mãe do Secretário de eventos de Marcação, que também tem sua irmã como funcionária do município.

As inúmeras denúncias recebidas pelo Blog por moradores do município do litoral Norte Paraibano evidenciam que, infelizmente a realidade da quadra atualmente é de total abandono e falta de responsabilidade da gestão municipal com o dinheiro público.

Confira abaixo imagens da atual situação do ginásio:





Blog do Jhordan Paes