PERGUNTAR NÃO OFENDE: A oposição de Mamanguape está com medo de 2020, falta discurso ou silêncio é estratégia?

Diante do vexame notório ao abrir as urnas da cidade de Mamanguape na eleições de 2018, onde a prefeita Eunice (PSB) aplicou uma vitória esmagadora dos seus candidatos sobre os candidatos apoiados por Fábio Fernandes, Eduardo Brito e Baby Helenita, pareceu que os discursos acabaram e a oposição (ao menos os pretensos candidatos à prefeito) na rainha do Vale, mesmo tentado encontrar uma sobrevida, não conseguem aparecer. Nem ao menos conseguem expôr com firmeza as imperfeições da gestão de Eunice, que mesmo sendo bem avaliada, não tem um governo perfeito e tão sólido quanto parece.

Hoje, em Mamanguape, quem 'peita' a gestão é a bancada de oposição na câmara municipal (os quais tem liberdade pera fazê-lo por terem mandato). Porém, seus gurus, estão escondidos por trás de uma cortina de fumaça nas vésperas de um ano eleitoral. 

Por isso, perguntar  não ofende: Os pretensos candidatos a prefeito da oposição estão em silêncio por estratégia? Ou seria a gestão de Eunice tão boa o suficiente para deixá-los sem discurso, e com uma aprovação de colocar medo para a disputa em 2020? 


Blog do Jhordan