A Câmara de Rio Tinto aprovo na última quarta-feira (12) o requerimento do vereador Sandro Gomes Barboza, que pediu diversas explicações ao prefeito do município, Fernando Naia, referentes a diversas irregularidades apontadas pelo Ministério Público de Contas (MPC).
De acordo com o documento apresentado pelo parlamentar, as inconsistências foram identificadas na prestação de contas de 2018. No referido relatório, quase R$ 2 milhões em despesas não foram reconhecidas pelo MPC.
Outra irregularidade apontada foi o não recolhimento de contribuição previdenciária no valor de R$ 2,3 milhões. Além disso, o MPC identificou acumulação ilegal de cargos, ocorrência de déficit financeiro em mais de R$ 4 milhões e déficit de execução orçamentária no valor de R$ 2,7 milhões.
Outras irregularidades foram:
  • Frustração ou fraude de procedimento licitatório;
  • Omissão de valores da dívida flutuante;
  • Notas fiscais de medicamentos com omissão de lote e aquisição de produtos vencidos;
  • Não envio ao tribunal do resumo dos controles internos de merenda escolar.
No final de 2018, os vereadores da Casa chegaram a debater a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), mas o pedido não foi para a frente pois o prefeito tinha maioria na Câmara. A realidade, no entanto, não parece ser mais a mesma, visto que dessa vez, o pedido do vereador foi aceito por 6 votos a 5.
  •  

Com informações do Expresso PB
Na noite desta quinta-feira (13) em sua residência, a ex-prefeita de Rio Tinto, Magna Gerbasi, anunciou sua pré-candidatura a prefeita da cidade fabril ao lado de seus correligionários. Na ocasião, Magna recebeu duas adesões de peso ao seu grupo político: o ex-vereador Marcos Moura e o vereador Severino Pessoa. Ambos concorrerão à vaga no legislativo municipal.

Também estiveram presentes na reunião, dando boas vindas às adesões, o ex-vice prefeito Marcão, o vereador Cacique Sandro, vereador Eraldo Calixto, vereador Edson Barbosa e o ex-vereador Adênio Pimentel.

"Nossa querida Rio Tinto já não sorri mais como antes. Pelas ruas, pelas praças, nas casas, em cada rosto, sentimos e vemos esse povo lutador que está sofrendo com tudo que vem acontecendo em nossa cidade. O povo convocou meu nome para a missão de mudar novamente a história dessa cidade e, após refletir, me sinto preparada para enfrentar esse desafio. Por isso, lanço na noite de hoje minha pré-candidatura a prefeita dessa terra", disse Magna.

Tranquila, a ex-prefeita ressaltou que está motivada para esse pleito. - "Estou motivadíssia e muito animada para poder, junto com meu grupo e com a força do povo riotintense, reconstruirmos um futuro melhor para nossa cidade. Vamos Juntos", frisou.

Sobre as adesões de Marcos Moura e Pessoa ao seu grupo político, Magna destacou a importância desses nomes para o engradecimento do grupo.

"Nos sentimos felizes pela vinda de dois grandes nomes do cenário político riotintense e pelo sentimento de mudança em cada um que se fez presente na nossa noite de conversa. Marcos e Pessoa, são dois nomes fortes que contribuem para o fortalecimento de nossa chapa. Pudemos ouvir atentamente e respeitosamente os anseios de cada um em busca do melhor para nossa cidade e será com esta postura que caminharemos."

Ainda, segundo apurou o Blog, nos próximos dias novas adesões serão anunciadas ao grupo da pré-candidata.

Blog do Jhordan
Edital será lançado em breve e o período de inscrições deve ser iniciado nos próximos dias. Instituto se destaca pela inovação e segurança 
Após oito anos, a Câmara Municipal de Mamanguape/PB lançará edital para a realização de concurso público. Ainda sem data prevista para o lançamento, o órgão municipal já definiu a banca que irá organizar o certame, o ​Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (IDIB) ​foi o escolhido.

O investimento em segurança e tecnologia de informação e o respeito à legislação são fatores primordiais na garantia da confiabilidade de um concurso público. A escolha da banca organizadora também é um passo importante e diz muito sobre o propósito de realização do certame.

Por isso, a Câmara de Mamanguape/PB escolheu o IDIB, pois o Instituto ​parte na frente quando o assunto é inovação tecnológica. Possuidor de equipamentos de última geração, a banca investe pesado para assegurar que todas as etapas de realização de um concurso público sejam cumpridas sem que haja qualquer tipo de irregularidade.
Câmeras de alta definição e com monitoramento 24h, sistema anti-hackeamento, detectores de metal, malotes de segurança lacrados impermeáveis e resistentes ao fogo, fragmentadoras, porta blindada, comunicação por rádio amador e bloqueadores de celular. Esses são apenas algumas ferramentas do aparato tecnológico de segurança do IDIB. Além deles, o IDIB é o ​pioneiro na utilização de biometria digital e facial ​para a identificação de candidatos.
A denúncia apresentada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) contra 35 integrantes suspeitos de participação no suposto esquema de desvio de recursos públicos do Estado, entre 2011 e 2018, investigado pela Operação Calvário, cita que todo o esquema criminoso foi pensado para ‘invadir’ municípios e ‘tomar’ as prefeituras paraibanas.

Na denúncia, o MPPB mostra um mapa onde ao suposta organização criminosa pretendia inserir o esquema.

“Em narrativa, uma corrupção entendida como sistêmica que, com uma voracidade jamais vista, sequestrou o Poder Executivo do Estado da Paraíba, penetrou no Legislativo e, fazendo escola, conseguiu fazer morada, com a expansão deliberada de seu “modelo de negócio”, em diversas Prefeituras desta unidade federativa”, cita o MPPB.

Dentre os prefeitos citados na Paraíba, aparece na lista o prefeito de Rio Tinto, Fernando Naia (PSB), inclusive demarcado entre os municípios que tiveram: reunião com o Prefeito, Reunião com Equipe Técnica e Projeto de Lei entregue.

O mapa foi elaborado de acordo com a delação de Daniel Gomes da Silva.

Veja abaixo o mapa que mostra as prefeituras que interessavam ao suposto esquema criminoso:
Fonte 83
Em vídeo, a ex-prefeita de Rio Tinto, Magna Gerbasi (PTB), emitiu mensagem de ano novo a população de Rio Tinto, a quem desejou que "aos primeiros raios de sol de 2020, Deus possa abençoar todos os lares riotintenses, renovando a fé na certeza de que dias melhores virão".

O vídeo começa com memórias do 'Natal Iluminado' de Rio Tinto, através de fotografias de edições realizadas na época de sua administração.

Ela destacou que é tempo de refletir, analisando os acertos e planejar o que é preciso corrigir no próximo ano. Além disso, Magna faz uma importante revelação, afirmando que "estará a disposição da população em 2020 para a construir um futuro melhor para a cidade", dando ares de confirmação de sua candidatura nas eleições do próximo ano.

“Com o espírito repleto de alegria e paz, renovado pelo amor fraterno de todos os riotintenses, estarei a disposição do povo da minha terra para, no novo ano, lado a lado, com fé e esperança, construirmos juntos um futuro melhor para nossa cidade.
Feliz Ano Novo a todos os riotinteses!”, disse.





Blog do Jhordan
A cidade de Mamanguape, famosa pelo rótulo de ‘Rainha do Vale’, celebrou nesta quinta-feira (24) 164 anos de emancipação política com um grande show em praça pública do cantor Xandy e Aviões do Forró.

A praça ficou completamente lotada se tornando um dos eventos mais populosos já realizados na cidade. Tamanho o público que impressionou, na mesma proporção foi a ‘ostentação’ dos que fazem a administração pública local.

As redes sociais amanheceram essa sexta-feira (25) pipocando de comentários a respeito do luxuoso camarote organizado pela gestão para receber a prefeita Eunice Pessoa, seus auxiliares e convidados.

Comenta-se ainda que um buffet contratado para servir os convidados disponibilizou garçons que circulavam com elegância pelo camarote distribuindo comida e bebida para a classe mais elitizada presente no local.

As imagens são mesmo de impressionar: o prédio que fica no meio da antiga rodoviária dá espaço a um pomposo camarote com direito a mega iluminação, decoração de boate, mesas e cadeiras estilosas.

Apesar de todo esse luxuoso espaço, a prefeita, seus deputados, vereadores e auxiliares também ocuparam generoso espaço no palco principal da festa, onde o cantor esbanjava elogios as autoridades presentes.

A repercussão nas mídias sociais tem sido grande, porque mesmo dentro da legalidade, muitos são os problemas financeiros que os municípios vem enfrentando, o que caberia por parte da gestora mais comedimento no gasto dos recursos públicos.

  
  

Polêmica dos Camarotes – A gestão de Eunice, antes mesmo de realizar a festa já havia se envolvido em polêmica com respeito a camarote. O MP teria denunciado a administração por antes mesmo de anunciar a venda de camarotes eles já terem sidos esgotados.



Com informações do Expresso PB
As eleições do próximo ano começam a esquentar as articulações nos bastidores, muito porém, as aparências digam o contrário. 

Mais especificamente, no grupo da oposição, a falta de ânimo e pouca movimentação política de Marcão e de Fabinho de Brizola (principais prováveis nomes à serem vice na chapa de Magna Gerbasi) abriram espaço para que membros do próprio grupo político e liderados levantassem nos últimos dias dois nomes da Câmara Municipal de Rio Tinto para ocupar a vaga.

O vereador e presidente da Casa, Eraldo Calixto, tem tido seu nome especulado nos bastidores devido a sua influência política no grupo Gerbasista, além de ter sido secretário de saúde nas gestões de Magna e Dudu. Afinal, todos sabem que quem trabalhou ou trabalha na área de saúde detém bagagem de articulação e poder de voto. Outro fator positivo a Eraldo é o bom desempenho na opinião popular quando seu nome é relacionado à ser vice de Magna.

Um segundo nome que circula nos bastidores, já desde o término das eleições estaduais e decorrente do próprio grupo junto ao deputado Ricardo Barbosa, é do vereador Cacique Sandro. A avaliação de membros do grupo da oposição e de liderados é que Sandro tem desempenhado de forma positiva o papel de oposição na Câmara Municipal, além do fator principal: sua influência nas causas populares da cidade tem rendido à ele grande aceitação para torná-lo vice de Magna.

Existe uma frase que diz: "Quem não aparece, não é lembrado". Atualmente, os dois membros da Câmara tem cumprido com o quesito 'aparecer' e por isso estão sendo lembrados. Sabemos que ambos detém mandato e que isso pode os favorecer neste sentido, mas também sabemos que não é preciso apenas estar com mandato para crescer em meio aos eleitores e fazer oposição.

Esperar demais tem sido negativo para Marcão e Fabinho, que observam no retrovisor, além de Nel Barão, Eraldo e Sandro chegando cada vez mais próximos.



Blog do Jhordan